CONHECIMENTO SOBRE ADJUVANTES, DESCARTE DE RESÍDUOS E OCORRÊNCIA DE DERIVA NO ESTADO DO MATO GROSSO

O objetivo deste trabalho foi investigar o nível de conhecimento de trabalhadores ligados à atividade de aplicação de defensivos agrícolas sobre as funções de adjuvantes, e coletar informações sobre os locais de descarte dos resíduos provenientes da descontaminação de pulverizadores, ocorrência e também os motivos da deriva nas aplicações de defensivos agrícolas no Estado do Mato Grosso. As informações foram coletadas por meio das respostas de um questionário entregue aos participantes de um programa de extensão rural em tecnologia de aplicação, em dezenove municípios produtores de grãos e fibras do Estado. 

Ao todo, 49,0% dos adjuvantes citados pertenciam à classe dos óleos minerais e 17,9% dos participantes declararam não saber as funções desempenhadas pelos adjuvantes. Os resíduos eram descartados nas lavouras por 58,5% dos participantes. Dentre os participantes que responderam sobre as causas da ocorrência de deriva nas aplicações, 54,1% indicaram problemas relativos às condições meteorológicas inadequadas. Conclui-se que há carência de conhecimento sobre as funções desempenhas pelos adjuvantes, bem como no correto descarte de resíduos proveniente da descontaminação dos tanques. A deriva foi reconhecida como um problema, mas a maioria dos participantes não se propôs a discutir as causas deste tipo de perda. 

Basta preencher o formulário abaixo para receber o artigo em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *