VISCOSIDADE, TENSÃO SUPERFICIAL E TAMANHO DE GOTAS DE DIFERENTES FORMULAÇÕES DE INSETICIDAS E FUNGICIDAS

A influência das formulações, concentrado emulsionável (CE), suspensão concentrada (SC) e grânulos dispersíveis (WG) nos parâmetros de tensão superficial, viscosidade e espectros de gotas em trinta inseticidas e fungicidas comerciais. As concentrações foram baseadas em uma taxa de aplicação de 50 L ha-1, utilizando uma ponta de pulverização de jato plano (XR 8003VS), operando com uma pressão de trabalho de 200 kPa. As menores tensões superficiais foram obtidas com as formulações EC, enquanto as SCs apresentaram as maiores viscosidades. Emulsões foram mais efetivas em diminuir as gotas menores que 100 micrômetros e a amplitude relativa, enquanto aumentaram os valores de DV0,1 e DV0,5 em relação as formulações do tipo dispersão, representadas pelas formulações WG e SC. Esses parâmetros devem ser considerados no planejamento das pulverizações e na redução da deriva.

Basta preencher o formulário abaixo para receber o artigo em seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *